quarta-feira, julho 13

Picar a Ferida

Ontem foi o funeral do meu sogro.

Após a cerimónia tivemos mais uma triste surpresa: a casa da minha sogra tinha sido assaltada durante o funeral. Arrombaram a porta das traseiras com um pé de cabra e os simpáticos ladrões tiveram a simpatia de levar todo o ouro. Ainda que pouco, era dela e não voltará a ter as peças que tanto valor sentimental tinham como o anel do meu sogro e os anéis dos 50 anos de casados. O requinte da ladroagem era muito pois nem quiseram 1 portátil e 1 computador, vídeo ou tv. O intuito era só ouro. Tiveram a delicadeza de não desarrumar nada, partir ou vandalizar.

É inexplicável esta sensação de dor: a minha sogra foi roubada duas vezes.



Aproveito para alertar pois esta situação pode ser comum. Durante o funeral, a casa dos familiares fica vazia, logo é um convite ao amigo do alheio.

5 comentários:

São Rosas disse...

O mundo está uma merda!

Fashionista disse...

que coisa.. realmente! Coitada da senhora!

PatyeMelguinhas disse...

fónix não acredito, filhos da p***. Isto não se faz :(:(:( um beijinho grande para ela

carol disse...

Lamentável! Verdadeiramente lamentável! Indecente! Não há adjectivos que cheguem para qualificar semelhante acontecimento.

Beijinhos para a sogra que deve estar muito, mas muito triste.

rosa do deserto disse...

Fiquei boquiaberta ao ler este post!!! Eu já passei à fase de acreditar em tudo e acredito mesmo em tudo e espero tudo de toda a gente, mas, caramba! isto é demais!!!

Há gente que não merece viver, muito menos ser tratada como "gente"!!!